5 estratégias para gerenciar conflitos de equipe de forma produtiva e melhorar como líder

Sempre foi fundamental saber como lidar com a gestão de conflitos. Em qualquer situação em que pessoas diferentes convivem, é possível que ocorra embates de ideias, opiniões, interesses ou o que quer que seja.

Como líder ou gestor / gestora de uma equipe, é importante que você esteja pronto para lidar com possíveis divergências entre as pessoas e saiba como reverter isso de forma produtiva em resultados positivos.

O ponto principal para lidar com conflitos é saber que eles em si não são um problema, mas sim a forma como a equipe lida com eles. Sem as devidas orientações, um pequeno desentendimento pode se transformar em uma situação caótica.

Para que você não tenha medo de eventuais conflitos que possam acontecer dentro de seu time, selecionamos as principais informações que você precisa conhecer para ser um melhor gestor. Continue lendo que você verá:

  • O que é gestão de conflito
  • Desafios para o líder
  • Perfil do líder interessado em uma boa gestão de conflitos
  • 5 estratégias para gerir conflitos em sua equipe

Boa leitura!


O que é gestão de conflito?

Gestão de conflitos de equipes

Conflitos são geralmente entendidos como “choques de elementos contrários”.

Porém, são mais do que um simples desacordo ou desavença, constituem uma interferência deliberada para impor um bloqueio sobre a tentativa de outra parte de alcançar os seus objetivos.

Por um lado, conflitos são necessários e servem também como o motor que impulsiona as mudanças. Não podemos pensar que conflito automaticamente significa guerra ou ruptura, eles também podem ser construtivos.

Por outro lado, dependendo da forma como acontecem podem ser contraprodutivos e destruir valor, causando prejuízos para as empresas e pessoas que trabalham nela.

Seu principal desafio como gestor é identificar os conflitos produtivos e contraprodutivos e gerenciar aqueles que podem ocasionar em danos para sua equipe.


Desafios para o líder ao gerenciar de conflitos na equipe

Esse é o seu principal desafio como líder: identificar os conflitos produtivos dos contraprodutivos e saber como gerenciar da melhor forma, fazendo com que se transformem em resultados positivos.

Outro desafio é não utilizar do poder hierárquico para resolver uma situação de conflito na sua equipe. Isso se refere aos momentos em que você, como chefe, tenta resolver um desacordo defendendo uma das partes ou recriminando ambas as partes.

É inadequado simplesmente usar o poder hierárquico para dizer “parem o conflito porque eu estou mandando”. Essa atitude não estará tratando da causa do conflito, o que pode gerar resultados negativos para todos os envolvidos na questão.

Um bom gestor de conflitos é aquele que, acima de tudo, os entende. Coloque-se de modo a entender o conflito, analisar ambas as partes, tomar cuidado ao tomar partido e apresentar maturidade e credibilidade para ser respeitado na sua decisão de resolução.

Você deve estar se perguntando: Quais competências são necessárias e quais estratégias devo adotar para lidar com um conflito?

Vamos lá!


Perfil do líder interessado em uma boa gestão de conflitos

Gestão de equipes o papel do líder

Se o seu objetivo é transformar certo antagonismo presente em sua equipe em um uma possibilidade de impulsionamento da eficácia e de resultados, você deve estar atento a três temas. São eles:

Postura

Sua postura enquanto gestor precisa apresentar:

  • Credibilidade;
  • Imparcialidade;
  • Conhecimento da situação;
  • Lealdade e flexibilidade nas atitudes;
  • Clareza na linguagem (assertividade);
  • Firmeza no processo de mediação do conflito.


Inteligência Emocional

Tão importante quanto a postura, ou mais, para lidar com possíveis desentendimentos em sua equipe é necessário acionar a inteligência emocional, principalmente as 4 competências fundamentais:

  • Autoconhecimento (autoconsciência);
  • Autocontrole (autodisciplina);
  • Empatia;
  • Influência (habilidade social).

Será praticamente impossível gerenciar conflitos sem o exercício dessas competências.


Estilos de Liderança

Além disso, é um diferencial saber manejar os estilos de liderança. Dependendo da situação colocada diante de você, pense qual é o melhor estilo de liderança que você deve aplicar:

  • Coercivo (exige imediata obediência);
  • Confiável (mobiliza pessoas em direção a uma visão);
  • Agregador (cria harmonia e constrói laços emocionais);
  • Democrático (forja consenso através da participação);
  • Agressivo (estabelece altos padrões de desempenho);
  • Conselheiro (desenvolve pessoas para o futuro).

Algumas vezes, é mais proveitoso que você faça uso de mais de um ao mesmo tempo.

Como cada situação requer uma postura diferente, preparamos 5 estratégias para gestão de conflitos e cabe a você, o líder, definir qual delas adotar.

– Leia também: 6 Estilos de Liderança para ser tornar um líder mais eficaz
– Conheça nosso Curso 100% Online de Desenvolvimento de Liderança

5 estratégias para gestão de conflitos em sua equipe


#1 Confrontação na gestão de conflitos

Gestão de Conflitos: Estratégia de Confrontação

Envolve fazer a gestão do conflito por meio de uma abordagem frontal entre as partes envolvidas. Você pode sentar com as pessoas envolvidas em cada um dos lados e propor que cada um defenda sua posição.

Dessa forma, você busca entender quais são os posicionamentos, por que eles são antagônicos e qual a origem do conflito.

Nessa estratégia, o seu papel é ser o mediador da discussão.


#4 Abrandamento na gestão de conflitos

Gestão de Conflitos: Estratégia de Abrandamento

Adotar essa estratégia de gestão de conflitos é enfatizar os interesses comuns dos envolvidos, com o objetivo de minimizar as diferenças entre os membros conflitantes.

Busque descobrir quais são esses interesses que podem ser despertados nos profissionais que estão em conflito.

Assim, apesar da divergência, é possível demonstrar que existem semelhanças entre as partes e que elas compartilham objetivos e inclinações.


#3 Colaboração
na gestão de conflitos

Gestão de Conflitos - Estratégia de Colaboração

Proponha que os envolvidos coloquem de lado suas metas originais e trabalhem em conjunto para estabelecer uma meta comum.

Esse exercício permite que as pessoas em conflito pensem se existem soluções diferentes das propostas até então, uma terceira alternativa que resolva o conflito.


#2 Negociação
na gestão de conflitos

Gestão de Conflitos: Estratégia de Negociação

Essa estratégia implica em cada uma das partes abrir mão de algo, com o intuito de conciliar as diferenças.

Você deve conversar com cada um dos lados para entender quais são os pontos em que não estão dispostos a ceder e quais pontos podem ser flexibilizados.

É importante que todos os lados se comprometam a abdicar de certos posicionamentos para que possam encontrar um denominador comum entre eles e que eliminem aquilo que está gerando o conflito.


#1 Mudanças comportamentais
na gestão de conflitos

Gestão de Conflitos - Estratégia de Mudanças Comportamentais

Procure atingir as causas do conflito, para solucioná-lo definitivamente. A perspectiva é a de que se mude atitudes e comportamentos pessoais.

Para isso, você precisa descobrir a verdadeira causa do conflito e atuar como o principal mediador.

Também faz parte da gestão de conflitos definir quais das duas partes tem razão na defesa de seu ponto de vista.

Então, solicite uma mudança de comportamento nas pessoas envolvidas. Se não houver essa mudança de comportamento, você estará apenas postergando esse conflito e não, de fato, solucionando-o.

– Leia também: Como se tornar um líder inspirador


Um líder preparado para gerir conflitos (conclusão)

Ser um líder é uma responsabilidade e um prazer.

Quando se trata de conflitos dentro de sua equipe, lembre-se que eles são importantes e não devem ser vistos apenas como ocasiões negativas.

A gestão de conflitos é um desafio para o líder, mas não tenha medo. Esteja atento à sua postura e à maneira como está se comunicando.

Busque entender melhor as competências de inteligência emocional e dos diferentes estilos de liderança que podem ser acionados nessas circunstâncias.

Ao escolher uma forma de lidar com a situação, opte por uma estratégia que se adeque ao seu perfil como líder e ao acontecimento específico que resultou no conflito.

Um bom líder abre mão de alguns preceitos e se dispõe a aprender novas competências, traduzindo-as em resultados por meio da equipe.

Se você está interessado em melhorar suas habilidades enquanto gestor e quer aprender as maneiras como pode melhorar sua gestão de conflitos, confira nosso Curso 100% online de Desenvolvimento de Liderança clicando aqui!

Ricardo Amaral

Autor: Ricardo Amaral

Especialista em Desenvolvimento Organizacional, com certificação internacional em Life & Executive Coaching pelo Integrated Coaching Institute.

Possui mais de 30 anos de carreira na indústria química e agrícola, em que iniciou como supervisor de turno na DOW até chegar à Executivo de RH na Votorantim Agroindústria.

É fundador e sócio diretor da Ferraz do Amaral Consultores Associados e atualmente dedica-se a atividades de consultoria e coaching executivo.

[eBook Grátis]

Ebook Lider Coach grátis para baixar

[eBook Grátis]

O LÍDER COACH 

COMO APLICAR TÉCNICAS DE COACHING COM A SUA EQUIPE, SEM SER ESPECIALISTA EM COACHING E SEM GASTAR TEMPO.

Este ebook vai te mostrar quais atitudes práticas e fáceis você pode aplicar no seu dia a dia e ter uma melhora expressiva na sua atuação como líder de equipe.

Para qual email enviamos o seu ebook Líder Coach?

loading...