Os 5 piores erros em entrevistas de emprego

Ser antiético durante uma entrevista de emprego é um erro, muitas vezes, imperdoável. E, pensando nisso, listamos os 5 piores erros que você deve evitar durante uma entrevista de emprego.

 

Entrevistas de emprego são a porta de entrada mais importante para uma nova carreira, mas cometer alguns erros podem fazer com que o tão esperado “sim” de uma empresa demore muito a chegar. 

É durante a entrevista que os recrutadores recebem as primeiras impressões sobre você e, acredite, cada palavra que sai da sua boca é analisada e avaliada por eles.

Por isso, além de saber falar bem sobre suas habilidades, experiências e qualificações, é muito importante que você seja uma pessoa ética, pois esse comportamento é igualmente exigido e esperado pelos entrevistadores.

Ser antiético durante uma entrevista de emprego é um erro, muitas vezes, imperdoável. E, pensando nisso, listamos os 5 piores erros que você deve evitar durante uma entrevista de emprego.


1. Falar mal do seu antigo emprego ou empregador

Durante as entrevistas, é possível que o entrevistador faça algumas provocações envolvendo seus antigos colegas de trabalho, seu ex-chefe e seu antigo emprego de modo geral.

Quando isso acontecer, fique atento! Pois, provavelmente, isso é uma “pegadinha” do entrevistador para saber se você vai manter uma postura ética ou não.

Então, anote a primeira dica: nunca fale mal do seu antigo emprego, em nenhuma hipótese!

Mas como evitar cair nessa pegadinha?

Caso o entrevistador insista muito para ouvir alguma resposta a respeito, você pode transformar o que seria interpretado como um comportamento antiético em um comportamento crítico! 

E como fazer isso?

Comente sobre pontos do seu antigo emprego que poderiam melhorar, mas aproveite para, também, ressaltar os aspectos positivos.

Exemplo: “Eu observava que o ambiente de trabalho poderia melhorar no quesito X, mas ele também era muito bom no quesito Y”.

Dando uma resposta como essa, você estará mantendo a ética e, ainda, evitando se comprometer e ser tirado das próximas etapas.

2. Descubra sua natureza profissional

Durante um processo seletivo, é muito comum que haja outros candidatos disputando pela mesma vaga que você.

E pode haver situações em que algumas etapas do processo sejam feitas em grupo.

Independentemente do formato ou da situação da entrevista, você nunca deve falar mal ou desqualificar seus concorrentes.

A dica aqui é simples: você não precisa fazer sua luz brilhar apagando a luz do seu vizinho.

Ou seja, você pode, muito bem, conseguir exaltar suas qualidades sem diminuir as qualidades do outro.

E ainda: elogiar as qualidades dos seus colegas concorrentes durante a entrevista é uma atitude surpreendente que pode te dar pontos positivos. Busque colocar em prática!

3. Descubra sua natureza profissional

Este é mais um erro que você não deve cometer sob nenhuma hipótese!

Muitos candidatos acreditam que revelar informações e dados confidenciais de antigos empregos é uma forma de mostrar que possuem conhecimento e habilidade sobre determinados assuntos. 

Errado!

Essa é uma atitude não apenas antiética, mas também criminosa que pode acarretar em consequências legais severas.

Além disso, a impressão que o entrevistador terá é a de que você não é uma pessoa confiável, e empresa nenhuma quer contratar uma pessoa que não se pode confiar.

Portanto, mantenha a compostura e, em vez de revelar informações confidenciais, enfoque sua fala nas atividades que você exercia e nos resultados que você conseguiu alcançar.

Este, sem dúvidas, é um comportamento muito mais ético e uma forma inteligente de mostrar domínio sobre determinados assuntos e procedimentos.

Já conferiu nossas vagas abertas?


4. Invadir o espaço do entrevistador

Quando falamos sobre entrevistas de emprego, estamos falando sobre pessoas. 

E isso envolve você, candidato, e o entrevistador (ou, em alguns casos, entrevistadores, no plural!).

Independentemente do gênero, sexualidade ou, inclusive, do grau de aparência do entrevistador/entrevistadora, o respeito deve existir acima de tudo.

Mesmo que ainda seja “só uma entrevista”, ela já é considerada uma relação de trabalho e, por isso, precisa ser uma relação ética. 

Não paquere, não faça piadinhas de duplo sentido e não faça nada que, de alguma forma, irá invadir o espaço e o conforto da pessoa que está te entrevistando.

Assim como na dica anterior, o que você pode enxergar como uma “brincadeira” é, na verdade, assédio, e você pode sofrer as consequências disso.

5. Domine o processo seletivo

Uma coisa é certa sobre quem mente em entrevistas para conseguir o emprego: a pessoa pode até enganar alguém por algum tempo, mas ela nunca vai conseguir enganar todo mundo o tempo todo.

Ou seja, mais cedo ou mais tarde, a máscara irá cair. 

Se este for o seu caso, saiba que a sua situação ficará extremamente constrangedora e, dificilmente, você conseguirá sair bem dela.

Por isso, enquanto estiver em um processo seletivo, independentemente de qual etapa estiver, nunca minta sobre seus conhecimentos, suas habilidades e atividades que já realizou.

Mesmo que você se considere “um ótimo ator” e tenha certeza de que conseguirá sustentar a mentira pelo tempo que for, acredite, nenhuma mentira dura para sempre.

Além de dizer muito sobre seu caráter, mentir é um dos comportamentos antiéticos mais desprezados por recrutadores e empresas no geral. 

Então, não manche sua carreira por conta de uma mentira. Aposte, sempre, em contar a verdade e será recompensado por isso!

Notas finais

Você acabou de descobrir quais são os piores erros para não cometer em entrevistas de emprego.

De modo geral, lembre-se sempre de que ter um comportamento ético é o que irá te levar adiante.

Saiba comentar sobre seus empregos passados de maneira crítica e construtiva, e sem revelar informações comprometedoras sobre eles.

Durante o processo seletivo, nunca desqualifique os outros candidatos e, em hipótese alguma, desrespeite o profissional que está te entrevistando.

Por fim, aposte sempre em contar a verdade, pois mesmo que, à princípio, você não tenha todos os conhecimentos desejados para a vaga (ninguém tem), as empresas sempre vão escolher o candidato que preferiu se manter ético a mentir: e essa pessoa é você! 


Quer receber mais dicas sobre quais erros não cometer em processos seletivos? Continue nos acompanhando nas nossas redes sociais:

– Eventos RH no Facebook

– Eventos RH no Linkedin